Ducati Superleggera ficou ainda mais ‘Super’ graças à Roland Sands Designs

A Ducati Superleggera já tem ‘super’ no nome, e a designação ganhou ainda mais relevância com a The Super, da Roland Sands Designs. O ponto de partida é uma 1999 Superleggera, cuja produção ficou limitada a 500 unidades.

O objetivo no projeto foi ‘transformar um bisturi num canivete sem perder qualquer precisão’. Um desafio considerável de cumprir, vindo a inspiração das superbike vintage dos anos 1970 e 1980.

Também desafiante foi manter um conjunto de eletrónica totalmente funcional nesta construção, com um esforço adicional de esconder ao máximo os componentes eletrónicos praticamente sem local para o fazer.

Destaca-se uma placa de número na parte frontal e a entrada de ar que alberga o sensor de ar e o módulo de GPS. O sistema de escapes é da Akrapovic, tendo sido encurtado, bem como o depósito de combustível.

Muitos componentes em alumínio foram substituídos por outros em fibra de carbono. Ao nível cromático, apostou-se numa combinação de cinzento, cromado e branco, com inspiração nas hot rods.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like