Hookie Cobra parte da BMW R NineT e tem diversas facetas

Um dos mais recentes projetos da Hookie partiu de uma BMW R NineT relativamente nova, de 2018. A Cobra começou, como todas as outras motas personalizadas, numa ideia, chegando agora a uma fase de conceito final com diversas variantes: para já são conhecidas cinco (Toxic Red, Electric Yellow, Stealth Pattern, Dark Cooper e Ice Blue).

A Hookie dotou a mota de um novo subquadro que lhe confere desde logo uma postura substancialmente diferente. A inspiração surge não de uma BMW, mas de uma Honda CB750 que a mesma garagem transformou em 2015.

Conta a Hookie que depois de definir os esboços e a linguagem de estilo do projeto, o conceito foi implementado como um modelo em barro no qual foi possível testar todas as linhas vendo-as de todos os lados. Depois de cerca de meio ano de trabalho em torno do conceito e design, deu-se a implementação dos primeiros componentes no CAD e em 3D.

Uma coisa em comum de todas as peças é a sua produção: a partir da impressão 3D, que confere maior versatilidade. A Hookie aplicou na Cobra material de fibra de vidro reforçada, pelas suas vantagens em termos de peso e qualidade.

O assento tem 805 milímetros de altura, numa mota dotada de punhos aquecidos, luzes LED, ABS e controlo automático de estabilidade. A autonomia é superior a 200km.

A Cobra não é uma mota única, embora muito limitada: serão produzidas dez unidades em diferentes variantes de design deste conceito. Ainda faltam divulgar cinco conceitos de design, o que deverá acontecer mais para o fim do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like