Roland Sands homenageou BMW GS de 1986 com a Dakar GS

Com inspiração no Dakar, Roland Sands construiu uma BMW GS inspirada naquela que em 1986 participou na mítica prova de todo-o-terreno. E isso fica evidente logo vendo as cores da Dakar GS.

A base é uma BMW R1200GS moderna de 2008, mas as modificações foram muitas. O depósito de combustível foi fabricado à mão e a parte dianteira é totalmente personalizada, assim como o sub-quadro. O objetivo foi construir uma mota como se fosse para inscrever num rali e lutar pela vitória.

Créditos: Jose Gallina

O cliente apresentou algumas ideias, que queria uma mota mais apta a terrenos mais difíceis do ponto de vista técnica. A partir daí, a sugestão de Roland Sands foi a de um tema neo-retro que prestasse tributo ao Dakar nos anos 1980. O trabalho começou depois.

A forquilha dianteira foi substituída por uma maior de uma Honda Africa Twin atualizada com cartucho Öhlins, o que obrigou a modificar toda a parte frontal do quadro da GS. Assim, o quadro foi mesmo trocado por o de uma BMW R nineT de 2018. A geometria é similar à da BMW HP2 de enduro. O depósito vem de uma GS de 1986, mas foi muito modificado.

Créditos: Jose Gallina

A eletrónica é moderna, sendo que o sub-quadro original teve algum trabalho para lhe conferir uma aparência retro e acomodar os guarda-lamas e o assento personalizado. Foi incluindo um guiador ProTaper, sendo as rodas com raios de 21 polegadas à frente e 18 polegadas atrás. Têm pneus Dunlop. Os filtros de ar são K&N e o escape da Akrapovic.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like